EnglishPortugueseSpanish

Pesquisadores da Unicamp criam spray que inativa o novo coronavírus

Redação 06/11/2020 21h52, atualizada em 06/11/2020 23h12

Interações de íons metálicos com polímeros naturais podem inativar o novo coronavírus. Para aproveitar essa característica, pesquisadores do Laboratório de Engenharia e Química de Produtos da Unicamp criaram uma tecnologia que forma uma capa protetora ativa e de ação prolongada. Em máscaras, ela que neutraliza o microrganismo.

A solução elimina o novo coronavírus em apenas um minuto e mantém 99,99% de eficácia nas 48 horas seguintes. Chamada de SprayCov, ela foi testada em diversas superfícies e alcançou os mesmos resultados em tecidos e não-tecidos.

publicidade

A substância é indicada para equipamentos de proteção individual de profissionais de saúde, mas também serve para máscaras de algodão. Segundo os pesquisadores, o custo de recobrimento é de pouco menos de 2 centavos de real por máscara.

O SprayCov inclui sais de cobre e uma mistura de polímeros biodegradáveis. Ele cria uma barreira ativa que libera íons que destróem o vírus nas superfícies recobertas. Isso porque essas partículas decompõem o envelope que reveste o microorganismo. Assim, o vírus não consegue mais infectar o hospedeiro.