Depois de mais de um ano de espera o PIX, enfim, é realidade no Brasil. A partir desta segunda-feira, o novo meio de pagamento eletrônico está liberado para todos os brasileiros, com a promessa de mudar completamente a forma das movimentações financeiras no país.O PIX é um novo meio de pagamento instantâneo que promete mais agilidade em relação ao DOC e o TED. Ele é baseado no Sistema de Pagamentos Brasileiros e as transferências podem ser feitas em qualquer horário do dia. No caso, o sistema pode ser usado para compras e outros tipos de pagamentos também. Para usar o PIX, o usuário precisa ter uma chave de sua conta. 
 
O código de identificação pode ser gerado e informado para transferências. As chaves são criadas utilizando um CPF, CNPJ, número de celular, e-mail ou uma chave aleatória com um código alfanumérico. Nos pagamentos, será possível gerar um QR Code para prosseguir com a movimentação. Durante toda a semana passada, o Olhar Digital News produziu uma série de reportagens sobre o PIX abordando o uso do meio de pagamento na prática, a segurança envolvida na modalidade e até o futuro do PIX. 
 
No olhardigital.com.br você confere uma matéria especial que nossa equipe publicou hoje bem cedinho detalhando tudo sobre o PIX e também encontra as reportagens e entrevistas que publicamos ao longo da semana sobre o novo meio de pagamento eletrônico. Confira e tire todas suas dúvidas…