EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Apple lançou nesta semana atualizações para os seus sistemas operacionais ainda em versões de testes. Agora, o iOS 14.3, iPadOS 14.3, watchOS 7.2 e tvOS 14.3 chegam ao segundo beta. Os softwares estão disponíveis para download para desenvolvedores e usuários participantes do programa de beta público.

Apesar de não trazer novidades muito expressivas, a atualização torna a personalização da tela inicial mais funcional. No iOS 14 e iPadOS 14, usuários podem utilizar ícones personalizados para os aplicativos utilizando atalhos. Eles são configurados pelo próprio aplicativo “Atalhos” do sistema, embora não pudessem ser abertos, até então, diretamente.

publicidade

O que acontece na versão pública do iOS 14, nesses casos, é que o app “Atalhos” é aberto sempre que um ícone personalizado é selecionado. O que muda, com o update do iOS 14.3, é que os apps poderão ser abertos diretamente por esses ícones. No Twitter, usuários que já instalaram a atualização publicaram vídeos do recurso na prática.

publicidade

Ainda assim, ao tocar em um ícone personalizado, usuários deverão ver um pop-up informando que o app foi aberto utilizando um atalho. Essa pode ser uma boa vantagem para quem gosta de personalizar a tela inicial do iPhone ou iPad. Essa opção, inclusive, só foi lançada com a chegada do iOS 14.

Também será possível, a partir de um atalho na tela inicial, abrir scripts utilizando a interface compacta, sobreposta à tela, sem abrir nenhum aplicativo de fato.

iOS 14.3 habilitará novas funções

A atualização do iOS 14.3 traz algumas novidades para os dispositivos da Apple. A principal, talvez, seja habilitar a função ProRAW no iPhone 12 Pro e 12 Pro Max. Ela permite capturar imagens em RAW, mas sem descartar as melhorias realizadas pelo sistema.

Reprodução

Modo ProRAW do novo iPhone 12 Pro e 12 Pro Max poderá criar fotos com até 25 MB. Imagem: @KyeMaloy (Twitter)/Reprodução

Outra novidade é a adição do suporte ao DualSense, controle do PlayStation 5. Também foram encontrados nos códigos da atualização indicativos de que o sistema será compatível com rastreadores (tags). Rumores, inclusive, apontam que a Apple prepara o lançamento das AirTags, suas próprias tags usadas para rastrear chaves, bolsas, mochilas e afins. Além dos sistemas móveis, o primeiro beta do macOS Big Sur 11.1 foi liberado.

Via: TechCrunch