EnglishPortugueseSpanish

737 Max ganha autorização para voltar a voar

Redação 18 de novembro de 2020

Nesta quarta-feira, a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos, a FAA, suspendeu a proibição imposta anteriormente contra o Boeing 737 Max.

 
A ação significa que o órgão norte-americano está convencido de que, com as alterações de software e o treinamento de novos pilotos, torna o modelo 737 Max seguro para voar novamente. A decisão de impedir o voo das aeronaves, que foi anunciada em março do ano passado, foi tomada após dois acidentes vitimarem 346 pessoas na Etiópia e na Indonésia. Ambos os casos ocorreram em um espaço de apenas cinco meses entre eles.
 

Apesar da liberação, os voos não devem retornar imediatamente, já que alguns países decidiram fazer inspeções de segurança por conta própria. Mesmo assim, a decisão norte-americana fez com que as ações da empresa valorizassem 7,12% na bolsa de valores de Wall Street.

publicidade