EnglishPortugueseSpanish

EUA aprovam uso de anticorpos no tratamento da Covid-19

Redação 23 de novembro de 2020
publicidade

A FDA, agência do governo dos Estados Unidos que regulamenta o setor farmacêutico no país, concedeu aprovação emergencial para um tratamento contra a Covid-19 que usa anticorpos sintéticos.

 
O tratamento poderá ser administrado em pacientes com mais de 12 anos e, em casos “leves a moderados” que tenham alto risco de progredir para um caso severo. Entretanto, o principal alvo são pacientes com mais de 65 anos ou que tenham doenças crônicas.
 
Produzido pela farmacêutica Regeneron, este foi o mesmo tratamento experimental administrado ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quando foi diagnosticado com a doença.
 
Segundo a autorização, comparando um grupo de testes com um grupo de controle, os pacientes que receberam o novo tratamento tiveram uma taxa de hospitalização menor, de 3% contra 9%. Mas ainda não há evidência de que os anticorpos sintéticos sejam eficazes em pacientes já hospitalizados.
 

A FDA afirma que continuará estudando a eficácia e segurança do tratamento, e que autorização foi concedida pois até o momento os benefícios conhecidos são maiores do que os riscos.

publicidade