EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Devido à pandemia do novo coronavírus, muitas empresas tiveram de repensar suas atividades, como é o caso do ramo alimentício. E os carros autônomos podem ter um papel importante nessa mudança.

Na China, por exemplo, o KFC começou a vender seus lanches por meio de veículos que andam sozinhos pelas ruas. Essa é uma medida encontrada pela companhia para comercializar seus produtos sem contato. Esses “restaurantes sobre rodas” são resultado de uma parceria entre uma empresa chamada Neolix e a Yum Brands, dona da marca KFC. A novidade, obviamente, chamou a atenção dos internautas após postagens com fotos dos carros surgirem no Twitter.

publicidade

publicidade

Em outubro, a Forbes divulgou que a Neolix havia fechado um acordo para trabalhar com marcas alimentícias, como KFC e Pizza Hut, para servir pratos de maneira autônoma. Ao que parece, a companhia chinesa usou o mesmo design visto em outras criações para propósitos diversos, como é o caso de um veículo usado para desinfecção de áreas devido à pandemia.

Como os carros funcionam

De acordo com quem testou a novidade, basta selecionar o produto a partir de uma tela presente do carro e, em seguida, fazer o pagamento usando um QR Code. Após o pagamento ter sido confirmado, uma porta se abrirá para que o cliente pegue o pedido.

Ainda não está claro se existe algum sistema para impedir que uma pessoa pegue mais do que comprou – mas algum tipo de segurança deve existir.

Parece que esse tipo de comércio será inevitável em alguns lugares, especialmente em uma fase em que os casos de infecção continuam aumentando. No entanto, se os carros autônomos que vendem comida serão parte dessa fase do mundo, apenas o tempo dirá.

Via: CNet