EnglishPortugueseSpanish

O site de compras AliExpress afirma que entregou compras feitas durante o festival 11.11 em dezenas de municípios brasileiros de estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais em prazos inferiores a uma semana, conforme atestam relatórios de logística da empresa. Itens adquiridos em 11 de novembro de fabricantes na China foram entregues já no dia 17 de novembro.

Isso foi possível graças aos quatro voos fretados semanais, que conectam o Brasil às lojas internacionais presentes no marketplace. Para reduzir prazos, o serviço de e-commerce embarca todos os pacotes com destino ao Brasil já separados de acordo com a região geográfica de seu destino final.

publicidade

Ainda durante o transporte aéreo, arquivos digitais são enviados à alfândega com os dados de cada pacote que entrará no país, permitindo o desembaraço eletrônico na chegada. Uma vez em território nacional, os pacotes são enviados ao seu destino final pelos Correios.

Reprodução

Um dos quatro aviões que fazem quatro voos fretados semanais da China para o Brasil a serviço do AliExpress. Foto: AliExpress / Divulgação

No último ano, o volume de compras de brasileiros no AliExpress cresceu exponencialmente, o que colabora para otimização da logística. No dia 11 de novembro deste ano as vendas no Brasil foram 100% maiores que as registradas na mesma data do ano anterior.

publicidade

As entregas em uma semana no Brasil estão em fase inicial e, gradativamente, serão expandidas para novas regiões e cidades. Atualmente, em muitos casos as entregas podem demorar até 30 dias para chegar ao consumidor, dependendo da localidade do país onde ele vive.

Segundo Yan Di, country manager do AliExpress no Brasil, as melhorias em logística e distribuição são um ganho permanente para a operação brasileira. “Os quatro voos fretados semanais fazem, agora, parte de nosso dia a dia e não são uma excepcionalidade motivada pelo festival 11.11”, explica.

Por que 11.11?

O “Festival Global de Compras 11.11” existe desde 2009 na China, e começou em 2009 quando 27 vendedores se uniram para criar um contraponto ao Dia dos Namorados, que chamaram de Dia do Solteiro.

A ideia foi promovida pela gigante varejista Alibaba (dona da plataforma AliExpress), para que cada consumidor presenteasse a si próprio. Com o tempo, a data se tornou um evento mundial de compras. Em 2018 cerca de 180 mil comerciantes participaram da data, movimentando US$ 30,8 bilhões (R$ 163,6 bilhões).