EnglishPortugueseSpanish

Submarino chinês chega ao ponto mais profundo da Terra

Redação 3 de dezembro de 2020
publicidade

Um submarino tripulado chinês chamado Fendouzhe, ou Lutador em português, chegou a um dos pontos mais profundos dos oceanos, a Fossa das Marianas, no Oceano Pacífico.


O veículo fez 13 mergulhos entre outubro e novembro, e em 8 deles superou uma profundidade de 10 mil metros. O mais profundo foi em 10 de novembro, quando chegou a 10.909 metros abaixo da superfície.
Ainda assim, a equipe chinesa não superou o recorde de maior profundidade em mergulho tripulado, estabelecido pelo norte-americano Victor Vescovo, que em junho deste ano usou o submarino DSV Limiting Factor para chegar a 10.934 metros na região mais profunda da fossa, conhecida como “Abismo Challenger”.

publicidade


O submarino Fendouzhe recolheu para estudo amostras de sedimentos, rochas e microorganismos. A China é um dos cinco países, além dos Estados Unidos, França, Rússia e Japão, com tecnologia para construção de submarinos capazes de alcançar profundidade superior a 3.500 metros. Um dos objetivos da missão, além do teste da tecnologia de mergulho, é a busca por recursos naturais.