EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Microsoft Teams oficializou um recurso que promove a redução de ruídos em videochamadas por meio da inteligência artificial (IA). A função já vinha sendo testada desde abril deste ano, pouco depois do início da pandemia de coronavírus (Sars-Cov-2). A grosso modo, a novidade usa IA para identificar os sons da chamada, diferenciando o que é voz e o que é “barulho”, suprimindo os sons a fim de deixar a conferência mais limpa.

Normalmente, apps de videochamadas já contam com recursos embutidos de filtragem de sons, mas funcionam majoritariamente com ruídos fixos (o som de um ventilador girando, ou o ar-condicionado circulando o ar, por exemplo). O que o Microsoft Teams faz é adotar o mesmo sistema inteligente para filtrar sons que não são constantes – pense em uma campainha tocando, abrir uma embalagem de alguma comida, digitar no teclado ou cães latindo.

publicidade

O sistema de redução de ruídos do Teams funciona por meio da prática de machine learning, que treinou um modelo de inteligência artificial com mais de 760 horas de discurso limpo, comparando-as com 180 horas de ruídos e barulhos imprevistos. A Microsoft valeu-se de fontes públicas de sons para não ferir a privacidade de nenhum usuário, disponibilizando o serviço em mais de 10 idiomas e equilibrando a oferta entre vozes masculinas e femininas.

Teams agora reduz mais de 150 ruídos

No que tange aos barulhos testados, a Microsoft empregou amostras públicas de mais de 150 tipos de sons, como descargas no banheiro, roncos de alguém dormindo e outros exemplos. A empresa destacou que uma parte importante do trabalho envolveu ensinar o sistema a não reconhecer barulhos emocionais, como risadas e choros, como “barulho”, a fim de que estes não fossem acidentalmente suprimidos.

Finalmente, o ambiente onde os sons foram aplicados também tornou-se importante: ao todo, foram mais de 3 mil ambientes reais e 115 mil salas sintéticas, com acústicas variadas para treinar também a capacidade auditiva do modelo de IA.

microsoft teams redução de ruídos inteligência artificial
Microsoft Teams agora emprega inteligência artificial para eliminar ruídos imprevistos de uma chamada de vídeo. Imagem: Luca Lorenzelli/Shutterstock

“Já que nós usamos o ‘deep learning’, é importante ter uma estrutura poderosa de treinamento do modelo. Nós usamos o Microsoft Azure para podermos desenvolver versões mais e mais aprimoradas de nosso modelo de machine learning. Outro desafio foi a extração de discursos originais limpos de barulhos, que precisou ser feita de forma que o ouvido humano percebesse como natural e agradável”, disse um trecho do anúncio feito pela Microsoft.

publicidade

A novidade já foi aplicada ao Microsoft Teams, tanto no app dedicado como na interface web. A atualização está sendo disponibilizada via servidor, então pode levar um tempo até que ela apareça para todos os usuários.