A Faixa de Gaza pode ter um grande reforço para combater a falta de água potável na região.

Isso porque novos geradores de água atmosférica foram enviados pela empresa Watergen, do bilionário russo-israelense Michael Mirilashvili.

publicidade

Os equipamentos são capazes de produzir até seis mil litros de água potável por dia, dependendo da umidade do ar.

Depois de capturar a umidade, o aparelho condensa o ar em água e a filtra para torná-la potável instantaneamente.

O grande ponto positivo é que as máquinas usam energia solar para fazer todo o processo, adaptando-se aos recursos do local.