EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Roku confirmou a compra de todo o conteúdo original do Quibi, serviço de streaming que fechou as portas em outubro de 2020. Por mais que o negócio fosse esperado, o valor pago surpreendeu analistas: menos de US$ 100 milhões.

Mais interessante ainda, porém, é o uso do conteúdo recém-adquirido. Isso porque todas as séries originais produzidas pelo Quibi serão exibidas gratuitamente (porém com anúncios) pelo Roku Channel.

publicidade
roku compra quibi
Séries originais do Quibi, como “Flipped”, agora fazem parte do catálogo da Roku. Imagem: Quibi/Divulgação

O Quibi era um serviço de streaming de produções curtas – como séries com episódios de 10 minutos ou menos de duração -, para ser reproduzido especificamente em dispositivos mobile. Pense que, em vez de ouvir uma música durante uma viagem de ônibus, você ligaria o Quibi para maratonar uma série.

Antes mesmo de seu lançamento em 2020, o Quibi chegou a levantar US$ 1,75 bilhão em uma rodada de investimentos. Entretanto, as esperanças dos co-CEOs veio abaixo quando a meta de assinantes esperada não foi cumprida.

Com a Roku fechando a compra do Quibi, a empresa agora investe em conteúdo original junto de sua oferta de hardware. A empresa é conhecida no exterior por fornecer dispositivos de reprodução para televisores, capaz de transmitir conteúdo de parceiros e concorrentes – similar ao que faz o Chromecast, do Google.

No Brasil, algumas Smart TVs da AOC trazem a plataforma como um app dedicado, mas ainda não se sabe se a aquisição da Quibi terá reflexo por aqui.

publicidade

Fonte: Fast Company