EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A startup alemã Sono Motors declarou na terça-feira (12), durante a CES 2021, que planeja licenciar sua tecnologia de painéis solares para carros elétricos para outras companhias da indústria automotiva.

A EasyMile, responsável por disponibilizar ônibus elétricos e autônomos para o governo, universidades e outras empresas, será a primeira a integrar a novidade nos seus veículos. O anúncio foi feito pelo CEO da Sono Motors, Laurin Hahn, após revelar a “próxima geração de veículos elétricos e movidos a energia solar” da montadora, o Sion.

publicidade
Sion, Sono Motors
Parte externa do Sion é coberta por uma série de conjuntos de painéis solares. Imagem: Sono Motors/Reprodução

De longe, o Sion se parece com um veículo compacto tradicional. No entanto, olhando com atenção, é possível perceber que toda a parte externa do veículo é composta por centenas de células de energia solar cobertas por uma camada de polímeros protetores.

Segundo Arun Ramakrishnan, gerente sênior de integração solar na Sono Motors, o uso de polímeros no lugar de vidro faz com que os painéis solares sejam mais leves, robustos, mais baratos e mais eficientes do que “qualquer outra tecnologia disponível no mercado atualmente”. Ramakrishnan destaca que esse tipo de célula de energia solar pode ser integrada em quase todos os objetos.

Painéis solares em carros elétricos

Funcionando em conjunto, as células solares são capazes de armazenar energia extra no sistema de baterias dos carros elétricos. Os painéis, que funcionam tanto com o veículo em movimento como estacionado, podem adicionar cerca de 35 km de autonomia por dia no Sion.

Durante sua apresentação na CES 2021, a Sono Motors ainda demonstrou um caminhão adaptado com painéis solares, em um protótipo pode gerar energia equivalente a 80 kWh por dia.

publicidade
Caminhão com energia solar
Tecnologia da Sono Motors também pode ser adaptada em veículos convencionais. Imagem: Sono Motors/Reprodução

A tecnologia também pode ser utilizada em veículos convencionais para refrigeração de cargas e outras finalidades. O CEO da Sono Motors destaca que o uso da energia solar pode fazer com que os veículos elétricos fiquem mais tempo longe da tomada e menos dependentes de infraestrutura adequada para recarga.

Via: TechCrunch