São 141 centímetros, que cobrem o painel de ponta a ponta. Assim é a MBUX Hyperscreen, da Mercedes-Benz. Nela, o motorista encontra a central de instrumentos, o sistema de entretenimento e a tela de navegação.

A marca apresentou a novidade oficialmente na CES 2021. O sistema usa uma CPU de oito núcleos e tem 24GB de RAM. Tudo é, ainda, conectado por inteligência artificial.

publicidade

Um dos recursos do sistema criado pela marca é o Mercedes Travel Knowledge. Ele combina dados de mapas e informações sobre o entorno do veículo para oferecer dicas sobre pontos de interesse, como museus e restaurantes. É possível conversar com a interface. E a resposta vem tanto na tela quanto pela inteligência artificial, em voz.

Falando da integração da tecnologia em automóveis, é válido citar também um protótipo mostrado na CES 2021 pela Panasonic.

Para garantir que o motorista vai manter os olhos na estrada o tempo todo, a marca desenvolveu uma solução de realidade aumentada que projeta informações na linha de visão do condutor.

O sistema usa tecnologia de rastreamento dos olhos e inteligência artificial para monitorar toda a movimentação no entorno do automóvel, como objetos, pedestres, ciclistas e o próprio tráfego. Além disso, a ferramenta cria um campo de visão expandido, em que a imagem se projeta a 10 metros ou mais.

A ideia é reduzir as distrações do motorista e mantê-lo mais informado e engajado na tarefa de dirigir.