EnglishPortugueseSpanish

Nintendo sofre novo processo por defeito nos controles Joy-Con, do Switch

Redação 25 de janeiro de 2021

O problema de “drift” nos controles Joy-Con, do Switch, rendeu mais um processo à Nintendo. Desta vez, a ação é movida pela empresa canadense de advocacia Lambert Avocat.

Por um defeito de fabricação, o controle acaba realizando movimentos sozinho, sem que o usuário os determine.

publicidade

A Lambert Avocat alega que uma de suas clientes teve problema com drift após 11 meses de uso no Switch. Os controles foram enviados para reparo para a própria Nintendo e, dois meses depois, voltaram a apresentar o mesmo erro.

Mais tarde, a mesma cliente comprou um segundo par de Joy-Cons e um Pro Controller. Para desespero dela, os dois começaram a apresentar drift da mesma forma, após algum tempo.

A firma de advocacia cita que o problema do controle é muito sério e foi “escondido”, já que a Nintendo demorou alguns anos até reconhecer oficialmente e providenciar um suporte mais amplo.

Vale lembrar que, no Brasil, a empresa oferece um serviço gratuito de reparo ou troca do Joy-Con com drift.

publicidade