EnglishPortugueseSpanish

O Nubank atraiu US$ 400 milhões em investimentos internacionais para 2021. O montante foi obtido na rodada de investimentos da Série G, na semana passada, e foi impulsionado pela expansão internacional da fintech.

A Série G teve a participação de investidores globais importantes, tanto públicos como privados, como a Gic, a Whale Rock e a Invesco. Os investimentos captados vão apoiar a atuação da empresa nos mercados colombiano e mexicano em 2021. Outros investidores, como a Tencent, a Dragoneer, a Ribbit Capital e a Sequoia também participaram da rodada.

publicidade
Investimento de US$ 400 milhões no Nubank foi favorecido por expansão internacional da fintech. Foto: Jo Galvao/Shutterstock

Além de México e Colombia, o Nubank promete continuar a expandir para novos mercados e aumentar seu portfólio de produtos. No México, mais de um milhão de clientes já se cadastraram para abrir uma conta, enquanto na Colômbia, 200 mil estão na fila de espera.

Além da expansão na América Latina, as aquisições do Nubank em 2020 foram consideradas fundamentais para o investimento estrangeiro. A fintech assumiu as empresas PlataformaTec, Cognitec e Easynvest.

A compra da Easynvest colocou o Nubank em um cenário de influência no mercado brasileiro de ações e investimentos. A corretora, no momento em que foi incorporada, tinha 1,5 milhão de clientes e R$ 20 bilhões sob custódia.

Os números de investimento do Nubank impressionam e acompanham o crescimento da startup nos últimos anos. O valor de mercado do banco digital era US$ 10 milhões em 2019 e, em 2020, ela terminou o ano valendo US$ 25 bilhões. Isso demonstra que a pandemia do novo coronavírus não prejudicou o sucesso da companhia.

O Nubank tem mais de 34 milhões de clientes. Isso é quase o triplo dos 12 milhões de consumidores que a fintech tinha em julho de 2019. A companhia é o maior banco virtual do mundo em número de clientes.

Via: Techrun