Quem já teve qualquer aparelho Apple já passou por isso: teve que comprar novos cabos de carregamento depois que os originais praticamente se desfizeram. Isso acontece com eletrônicos de uma forma geral, mas os acessórios da empresa são particularmente problemáticos (pela fragilidade e pelo preço), mas aparentemente ela quer mudar isso.

A Apple entrou com um pedido de patente de cabos “com rigidez variável”, mais resistentes sem perder a maleabilidade. “É bem sabido que dobrar o cabo próximo ao ponto de terminação pode causar tensão indesejada nas conexões dos fios, o que pode levar à falha do cabo”, escreveu a empresa no documento, descoberto pela Apple Insider.

publicidade

A solução da empresa até então é fornecer uma “luva de alívio de tensão” feita de um material rígido ao redor da região da extremidade do cabo – que consequentemente deixam eles mais grossos. Mas no documento, a Apple tenta uma abordagem diferente, com cabos com vários níveis de rigidez em diferentes “seções longitudinais”.

Pedido de patente mostra uma combinação de camadas de materiais entre o cabo e cobertura de proteção. Imagem: Apple Insider/Reprodução

Uma seção é flexível, outra é rígida e uma terceira está em algum lugar no meio em termos de resistência. Este último pedaço, diz a Apple, pode aliviar a tensão nas pontas do cabo. A maior parte do pedido de patente descreve diferentes materiais e tenta definir a rigidez.

Importante lembrar que preencher um pedido de patente não garante que a Apple reforçará seus cabos – mas ainda assim, sugere que a empresa está levando a ideia um pouco mais a sério. A empresa tem investido também em carregamento sem fio, por meio do MagSafe, o que pode exigir menos flexibilidade dos cabos, que não ficam mais conectados aos aparelhos em si.

Por outro lado, os cabos de carregamento que acompanham os iPhones se tornaram ainda mais importantes depois que a empresa tirou das caixas dos iPhones 12 o adaptador USB para tomadas. A Apple chegou a realizar uma pesquisa de opinião com seus consumidores sobre o uso do acessório – o que para alguns, significa que a empresa pretende tirá-los das caixas dos próximos smartphones.

Via: Apple Insider/Engadget