O YouTube encerrou, na noite de quarta-feira, dois canais pertencentes ao portal Terça Livre, do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos.

A plataforma online de vídeos declarou, em nota, que os dois perfis violaram os termos de uso do site.

publicidade

Com a medida, estão fora do ar o Terça Livre Tv, conta principal do grupo, e o Terça Livre Live, conta reserva.

A página principal de Allan dos Santos já havia sofrido uma advertência quando o blogueiro criou a conta reserva para driblar possíveis punições da plataforma.

Aliás, a criação do perfil alternativo para fugir de sanções é uma das violações que motivaram o encerramento.

O canal também burlou uma das regras relativas à “política de integridade da eleição”, quando publicou vídeo que procurava apontar supostas fraudes na eleição dos Estados Unidos.

Em comunicado no site oficial do Terça Livre, o grupo alega que sofreu censura por parte do YouTube após campanha orquestrada pelo grupo ativista Sleeping Giants Brasil — conhecido por combater a desinformação e expor anunciantes de plataformas de fake news.