O Facebook tem 15 dias para explicar ao governo brasileiro os detalhes da mudança de política de privacidade do WhatsApp, que pertence à empresa de Mark Zuckerberg.

Segundo notificação da Secretaria Nacional do Consumidor, a Senacon, as recentes alterações causaram dúvidas e elas precisam ser esclarecidas.

publicidade

O órgão enviou 10 perguntas a serem respondidas pelo Facebook. Entre elas, qual é o real controle de privacidade do usuário e se ele terá mesmo que parar de usar o aplicativo caso não queira cumprir com os novos termos de uso.

A nova política de privacidade do WhatsApp deveria ter entrado em vigor no início de fevereiro, mas a polêmica gerada adiou a sua “estreia” para maio.