EnglishPortugueseSpanish

Tesla investe US$ 1,5 bilhão em bitcoin e preço da moeda quebra novo recorde

Redação 08/02/2021 21h19

A Tesla anunciou que deve passar a aceitar bitcoins como pagamento por seus produtos em um futuro próximo.

A empresa de Elon Musk, no entanto, não confirmou “quais” produtos poderão ser pagos com bitcoin, então ainda não é possível afirmar que você poderá comprar um carro elétrico de luxo com a moeda virtual.

publicidade

O anúncio ainda veio acompanhado de um investimento de US$ 1,5 bilhão, cerca de R$ 8 bilhões, na conversão direta. Com esse valor, a Tesla passa a ser dona de 41.141,92 bitcoins.

Entretanto, a própria companhia ressaltou que a moeda virtual é altamente volátil. Em outras palavras: o bitcoin sobe muito. Mas, quando desce, cai de uma vez.

Uma das razões para as sucessivas altas do início do ano, ironicamente, foi o próprio Elon Musk: uma semana depois da queda de 11%, o bilionário alterou a sua biografia no Twitter, apenas colocando a hashtag “#bitcoin”, sem nenhuma outra informação. A ação fez a criptomoeda render 14%.

Não só isso: assim que o investimento feito pela Tesla foi publicado no órgão norte-americano que corresponde à nossa Comissão de Valores Mobiliários, o bitcoin teve nova alta, com seu preço disparando para a casa dos US$ 44 mil.

Ou seja: a novidade mostra que o interesse em relação a criptomoedas demonstrado pelo CEO da empresa, Elon Musk, vai além dos tuítes aleatórios.