O aplicativo de leitura de código de barras Barcode Scanner pode ter infectado seus mais de 10 milhões de usuários com um malware após sua última atualização, em dezembro de 2020.

Segundo a plataforma de segurança digital Malwarebytes, usuários do serviço foram ao Reddit e reclamaram por receber publicidade indesejada em seus celulares.

publicidade

A exibição de anúncios em aplicativos é algo relativamente comum em produtos gratuitos disponibilizados no Google Play.

Mas no caso do Barcode Scanner, um código malicioso foi adicionado e acabou passando batido pelos desenvolvedores.

A partir daí, as propagandas, que tinham um comportamento previsível, passaram a aparecer de maneira aleatória.

Após a divulgação do relatório da Malwarebytes, o aplicativo foi imediatamente removido da loja do Google.

A recomendação para quem ainda tem o aplicativo no telefone é excluí-lo imediatamente do dispositivo.