EnglishPortugueseSpanish

WhatsApp retoma mudanças de privacidade para barrar saída de usuários com nova mensagem

Redação 19 de fevereiro de 2021

Depois de todas as críticas recebidas pelo WhatsApp pela sua polêmica mudança nas políticas de privacidade, o aplicativo tentou ajustar sua mensagem para evitar assustar novamente os usuários. A partir desta quinta, o app começará, de novo, a implementar as mudanças, desta vez com um novo formato de comunicação com o público.

Agora, o foco da mensagem sobre privacidade do WhatsApp é deixar claro o que é criptografado na plataforma. A empresa garante que as conversas entre usuários comuns continuarão a receber criptografia de ponta a ponta como sempre aconteceu.

publicidade

As mudanças acontecerão nas conversas com contas comerciais, quando o app é utilizado para, por exemplo, entrar em contato com o atendimento ao consumidor de uma loja virtual.

É importante ressaltar que essas mensagens trocadas entre cliente e empresas não são protegidas pela mesma criptografia de ponta a ponta das conversas pessoais. Elas, sim, poderão ser analisadas pelos sistemas do Facebook com o propósito de encontrar informações relevantes para anúncios e serem armazenadas no servidor da companhia.

As novas políticas de privacidade do WhatsApp devem entrar em vigor no dia 15 de maio, pouco mais de 3 meses após a data original, 8 de fevereiro.

De quebra, o WhatsApp aproveitou o momento para criticar, principalmente, o Telegram, que se aproveitou do êxodo causado pela revolta com as novas políticas. Um comunicado no blog do mensageiro afirmou que o Telegram se apresenta como alternativa segura e privativa, mas que não oferece criptografia de ponta a ponta por padrão entre as conversas.

publicidade