EnglishPortugueseSpanish

Uma equipe de cientistas franceses deseja criar peixes na Lua. A ideia seria usar os animais para alimentar os astronautas que viverão em uma vila lunar planejada pela Agência Espacial Europeia no satélite natural da Terra.

Para isso, eles sugerem levar ovos vivos daqui da Terra e jogá-los em água colhida na superfície lunar. Em um primeiro momento, a ideia pode parecer meio maluca, mas os cientistas sugeriram isso após descobrirem que os peixes poderiam sobreviver à viagem.

publicidade

Isso oferece aos astronautas o vislumbre de que eles poderão ter uma maior variedade de alimentos, com opções mais nutritivas e apetitosas do que os insossos alimentos desidratados, que ficaram conhecidos popularmente como a “comida de astronauta”.

Para testar a ideia, um grupo de pesquisadores do Centro Espacial da Universidade de Montpellier e do Instituto Francês de Pesquisa para a Exploração do Mar (Ifremer) embalaram ovos de robalo e de corvinas e os submeteram a condições que simulam a decolagem de um foguete russo Soyuz.

Para surpresa dos pesquisadores, 76% dos ovos de robalo sobreviveram. Resultado que foi ainda maior entre as corvinas, que tiveram 95% de sobreviventes. E estes ainda eclodiram depois. Para se ter uma ideia, os números são comparáveis aos de ovos que nunca foram sacudidos.

Pescar para relaxar

Pesca também teria um papel de lazer. Crédito: ShutterStock

Além de uma opção mais saudável e gostosa de alimentação, os cientistas também acreditam que pescar os peixes também seria bom para o lazer dos astronautas e tornar a vida na vila na Lua mais agradável.

“Do ponto de vista psicológico, é melhor ter uma lembrança da Terra”, declarou Cyrille Przybyla, cientista e pesquisador principal do Ifremer. “Além de um jardim, você tem um tanque com peixes”, completou o pesquisador.

Via: Futurism

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!