Agora, uma nota bastante curiosa. Três espécies de tubarões que brilham no escuro foram encontradas por cientistas da Universidade Católica de Louvain, na Bélgica.

Os animais foram coletados na região de Chatham Rise, na costa da Nova Zelândia, em janeiro de 2020, mas os estudos sobre os animais só foram publicados agora, na revista científica Frontiers in Marine Science.

publicidade

Entre as espécies coletadas está o tubarão kitefin, que é o maior animal vertebrado luminoso conhecido, podendo atingir até um metro e oitenta centímetros da cabeça até a calda.

Segundo os pesquisadores, as barrigas brilhantes desses animais podem ter a função de ajudá-los a se esconder de predadores e outras ameaças.

O fenômeno pode ser identificado em outras espécies, e a mais conhecida delas é o vagalume. Esta característica é rara em organismos marinhos e ainda mais incomum em animais vertebrados, principalmente deste tamanho.