EnglishPortugueseSpanish

O aplicativo de corridas 99 anunciou nesta quarta-feira (3) o lançamento da categoria 99Mulher, que autoriza motoristas mulheres da plataforma a só receberem corridas de passageiras. O recurso estará disponível em todo o Brasil no dia 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher.

O recurso está em testes desde 2019 e integra o programa Mais Mulheres na Direção, que visa aumentar o número de motoristas femininas dentro do aplicativo, gerando maior conforto e segurança para as usuárias da plataforma, que receberão um aviso quando forem transportadas por condutoras da 99Mulher.

publicidade

Para desbloquear a nova ferramenta, as motoristas devem realizar uma nova verificação facial e a 99 irá conferir as informações através da documentação cadastrada. As condutoras poderão ativar ou desativar a categoria a qualquer momento, assim como funciona com outros recursos do aplicativo.

99Mulher visa a segurança e o conforto das usuárias. Imagem: Divulgação/99

Os testes do 99Mulher apresentaram bons resultados e foram realizados em diversas cidades do Brasil, como Santos, Campinas, Goiânia, Manaus, Recife, Fortaleza, Belém e Teresina. No início do ano, foi expandido ainda em fase beta para Macapá, Cascavel, Cuiabá, Juiz de Fora, São José dos Campos, Maceió e Jundiaí.

Segundo a companhia, graças a categoria exclusiva para mulheres, os casos de assédio por milhão de corridas no segundo semestre de 2020 diminuiu em 5%. E, dentre as 78 mil corridas teste realizadas, não houve nenhum caso relacionado à segurança.

Apesar da categoria 99Mulher ser um grande passo para o aplicativo de corridas, é impossível dizer que a iniciativa foi pioneira, já que a concorrente Uber havia lançado meses atrás um recurso com a mesma função, denominado como Elas na Direção.

No mercado também existe um aplicativo de corridas exclusivo para mulheres, o Lady Driver, que foi lançado em 2017 e conta com mais de 26 mil motoristas. Porém, o app só está disponível em São Paulo e muitas usuárias reclamam da dificuldade em encontrar motoristas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!