EnglishPortugueseSpanish

O que James Bond, Jason Bourne, Ethan Hunt (‘Missão: Impossível’) e outros agentes da ficção têm em comum? Para cumprir suas missões, eles não confiam em ninguém. E nos filmes, quando confiaram demais, acabaram pagando o preço.

Credenciais perdidas e roubadas, juntamente com configurações incorretas da nuvem, foram as causas mais comuns de vazamentos de dados nas empresas em 2020. Esses incidentes causaram um prejuízo total médio de US$ 3,86 milhões, de acordo com uma pesquisa da IBM Security – especialmente após a adoção do trabalho remoto e ambientes multicloud híbridos mais desconectados.

Uma estratégia de “confiança zero” (zero trust) pode ajudar a proteger dados e recursos, tornando-os acessíveis apenas com restrições e no contexto certo. “Essa abordagem concentra-se na coordenação de usuários, dados e recursos com políticas de segurança apropriadas”, explica Alisson Campos, Security Intelligence Architect da IBM Brasil.

Em uma história onde não faltam vilões – de atacantes à vazamentos de dados, de erros de processos até a falta de tecnologia – como você está se tornando o protagonista que protege sua empresa na jornada de transformação digital?

Segurança na nuvem, gestão de identidade e acesso e detecção de ameaças e resposta a incidentes são alguns dos assuntos que estarão em debate no IBM Security Summit Brasil, que acontece no próximo dia 10 de março, das 9h30 às 18h. O evento online gratuito ajudará empresas brasileiras a criar um roteiro estratégico que as torne ainda mais protegidas e seguras.

Casos de sucesso sobre nuvem híbrida, compliance e segurança com especialistas e líderes de mercado serão apresentados por especialistas e líderes do universo de cibersegurança. Eles passam todo o conhecimento necessário para tornar a segurança um fator estratégico do negócio. E assim, o crescimento e fortalecimento da empresa também estão em suas mãos.

“Já é visível que as empresas continuarão a descentralizar as operações de TI para ambientes de nuvem híbrida ao longo do próximo ano – e até mesmo as empresas das indústrias mais altamente reguladas estarão entre elas”, avalia Mukesh Khare, Vice-Presidente da IBM Systems Research.

Para fazer isso com sucesso, as organizações precisam tomar medidas de segurança que melhorem o isolamento, garantam a integridade dos sistemas e dos dados e precisam implementar estratégias de “confiança zero” enquanto permanecem em conformidade com as regulamentações mais estritas de privacidade de dados em todo mundo, como a LGPD brasileira.

Apesar de acontecer em um único dia, o IBM Security Summit Brasil faz parte de uma jornada contínua. Os participantes poderão formar uma base para a discussão de novas soluções para segurança da informação. A IBM combina o conhecimento de milhares de especialistas com a primeira plataforma de segurança aberta do mercado, tecnologia baseada em Inteligência Artificial para reduzir tempo e esforço e o maior ecossistema de segurança do mundo.

As inscrições para o IBM Security Summit Brasil estão abertas e podem ser feitas clicando aqui!