EnglishPortugueseSpanish

Hyundai culpa fabricante de baterias por incêndios no modelo Kona

Redação 05/03/2021 22h04

Depois de incêndios reportados nos carros elétricos Kona, na Coreia do Sul, a Hyundai se pronunciou sobre o problema. De acordo com a montadora asiática, um defeito nas células das baterias LG Energy Solution causou um curto circuito e provocou o fogo.

Mais de 15 incêndios foram registrados.

publicidade

Em fevereiro deste ano, a Hyundai realizou o recall de todas as baterias na frota de veículos Kona no país. O carro elétrico teve 77 mil exemplares vendidos, um investimento de 540 milhões de dólares.

Já LG Chem, que fabrica as baterias, negou ser a causa do incêndio. A companhia disse ainda que o problema não apareceu ao ser reproduzido em testes. Além dos veículos da Hyundai, o Chevy Bolt, da General Motors, enfrentou problemas com células de baterias similares nos Estados Unidos.