O escritor americano John Hollis talvez seja uma das únicas pessoas no mundo que não precisa se preocupar em pegar a Covid-19. Isso porque ele possui “superanticorpos” contra a doença, segundo um estudo da Universidade George Mason.

De acordo com uma reportagem da BBC, Hollis descobriu que um amigo que morava com ele tinha sido infectado pela Covid. Mas mesmo tendo muito contato com o homem, o escritor não teve sintomas da doença.

publicidade

Ele então passou por exames médicos que encontraram os “superanticorpos”. Hollis até pode contrair a doença, mas é incapaz de ficar doente por conta disso.

Para se ter uma noção de como o corpo do americano é eficiente no combate a doença, mesmo que diluído em uma escala de 1 para mil, os “superanticorpos” dele ainda seriam capazes de eliminar 99% das células de Covid-19.

O médico que conduziu os exames afirma que o sangue de Hollis agora é uma mina de ouro para o estudo de novas formas de atacar o vírus.