A Sony anunciou a aquisição conjunta do torneio de games de luta EVO, possivelmente o nome mais popular para competições envolvendo jogos como ‘Street Fighter‘, ‘Mortal Kombat‘ e outras marcas. A compra foi feita em regime de copropriedade, com a outra dona sendo a RTS, a nova unidade de negócios para esportes eletrônicos da Endeavor, no que ambas as empresas chamam de “uma parceria em joint venture para os eSports“.

Pelo comunicado, Tony e Tom Cannon – dois dos quatros fundadores originais – continuarão envolvidos com o torneio, já que é desejo da Sony manter o Evo dentro de seus padrões atuais de competição. A Sony afirma que os dois “continuarão profundamente envolvidos como conselheiros chave para assegurar que o Evo permaneça uma plataforma única e competitiva para jogadores de games de luta e seus fãs ao redor do mundo”.

publicidade

Leia mais

A Sony adquiriu o EVO para trazer de volta o maior torneio de jogos de luta após um ano de 2020 bem conturbado
O EVO teve a edição de 2020 cancelada, mas retorna em 2021 totalmente online, agora sob propriedade da Sony. Imagem: Leonel Calara/Shutterstock

“Os jogos de luta têm sido uma parte essencial do legado [da marca] PlayStation e de nossa comunidade desde o início, e nós sempre estivemos empolgados com a parceria que formamos com o EVO nestes últimos anos”, disse Steven Roberts, vice-presidente de global da área de jogos competitivos da Sony. “Essa aquisição conjunta com a RTS marca um novo capítulo na colaboração que temos com os cofundadores do EVO – Tony e Tom Cannon – e sua apaixonada comunidade de fãs de jogos de luta”.

“O EVO é uma comunidade única e icônica, diferente de qualquer outro espaço dentro dos jogos de luta, e nós estamos orgulhosos de nossa parceria com a Sony e as figuras lendárias de Tom e Tony — além de Mark Julio como chefe de desenvolvimento de negócios — para fazermos o torneio crescer”, disse Stuart Saw, CEO da RTS.

Finalmente, Tony Cannon disse: “Tom e eu estamos muito empolgados com essa parceria com a Sony e RTS. Ambas as empresas trazem uma experiência rica e compartilham de nossa paixão pelo que faz a comunidade de jogos de luta ser tão grande. Estamos ansiosos para trabalharmos com eles para alçar o EVO ao próximo nível, ao mesmo tempo em que nos mantemos fiéis às nossas raízes”.

Imagem mostra os irmãos gêmeos Tom e Tony Cannon. Tom veste uma camiseta preta, de manga curta, enquanto Tony está com um blusão cinza e mangas dobradas. Ambos sorriem com um uma parede de tijolos e plantas ao fundo
Os irmãos Tom e Tony Cannon, cofundadores do EVO: o principal torneio de jogos de luta do mundo foi adquirido pela Sony. Imagem: USGamer/Reprodução

O EVO – ou “Evolution Championship Series” – foi fundado em 1996, quando ainda se chamava “Battle for the Bay”. Naquela época, Tom Cannon, então um jornalista de games, se uniu ao irmão Tony, além de Seth Killian (ex-Capcom) e Joey Cuellar, para apresentarem um torneio de “Super Street Fighter II Turbo” e “Street Fighter Alpha” na região de Sunnyvale, Califórnia.

Apenas em 2002 é que o nome viria a ser conhecido pela marca atual e se mudado para Las Vegas, Nevada, onde está até hoje. Atualmente, apenas Tom e Tony Cannon seguem envolvidos, já que Killian deixou a Capcom e o torneio para passar por diversas empresas, como Riot Games, até se firmar onde está hoje, na Epic Games. Já Cuellar foi afastado da presidência do torneio em 2020 após diversas acusações de assédio sexual e pedofilia – um escândalo que forçou o cancelamento da edição do ano passado da competição.

Você provavelmente conhece o EVO, porém, por outro momento: em 2004, o competidor Daigo Umehara protagonizou uma das cenas mais memoráveis do mundo dos games, quando, em uma luta contra Justin Wong em “Street Fighter III: 3rd Strike Tournament”, obteve a mais histórica virada da competição. Você pode conferi-la no vídeo abaixo – Umehara jogou com Ken, e Wong, com Chun-Li:

Agora que a Sony comprou o EVO, em 2021 o torneio assumirá uma premissa 100% online devido à pandemia. Agora respondendo como “EVO Online”, a competição será realizada entre os dias 6 e 8 e também 13 a 15 de agosto. A inscrição é gratuita, com rodadas de qualificação apresentadas via streaming para os fãs. Os jogos participantes serão ‘Tekken 7’ (Bandai Namco), ‘Street Fighter V: Champion Edition’ (Capcom), ‘Mortal Kombat 11 Ultimate’ (Warner Gaming) e ‘Guilty Gear – Strive’.