A China está proibindo o uso de veículos da Tesla por autoridades, militares e funcionários de empresas estatais. O governo teme que os carros elétricos da fabricante americana possam ser uma fonte de vazamentos de segurança.

Meios de comunicação chineses apontam que as preocupações giram em torno dos equipamentos dos veículos. Eles usam várias câmeras que gravam e enviam dados de volta à empresa nos Estados Unidos. A justificativa é melhorar o piloto automático e o sistema de direção autônomo.

publicidade

A polêmica decisão teve como origem um comunicado do Exército chinês. Em nota oficial, a entidade pediu aos oficiais que são donos de carros da Tesla não estacionassem os veículos em complexos militares.

De acordo com a Tesla, todos os proprietários de carros elétricos da marca têm a opção de aceitar ou não o compartilhamento de dados de vídeo, que fazem parte do programa ‘Autopilot e Full Self-Driving‘.