O CEO da Tesla, Elon Musk, se pronunciou no sábado sobre a decisão do governo chinês de proibir o uso de carros da montadora por militares ou funcionários de empresas estatais. Segundo ele, a empresa seria fechada se os veículos fossem usados ​​para espionagem.

O comentário foi feito durante participação do executivo em uma conferência virtual para o Fórum de Desenvolvimento da China, evento apoiado pelo governo e realizado em Pequim.

publicidade

Segundo informou o The Wall Street Journal, o governo chinês teme que os dados coletados pelos veículos da Tesla, como imagens feitas pelas câmeras dos carros, possam ser transmitidos aos Estados Unidos.

Já de acordo com a Tesla, todos os proprietários de carros elétricos da companhia tem a opção de aceitar ou não o compartilhamento de dados de vídeo como parte do programa ‘Autopilot e Full Self-Driving‘.

Resta saber se os argumentos de Musk vão convencer o governo chinês…