Assim como outras montadoras, a Honda vai aderir à paralisação temporária das linhas de produção no Brasil devido ao agravamento da pandemia. A medida foi anunciada nesta sexta-feira.


A suspensão foi marcada entre os dias 30 de março e 9 de abril, e vai afetar as operações nas unidades de Sumaré e Itirapina, ambas no interior de São Paulo.

publicidade


A marca japonesa diz já estar negociando com os sindicatos qual será o formato de compensação das horas não trabalhadas no período.

Ao todo, oito montadoras já anunciaram a suspensão das atividades pelo país: Toyota, Nissan, Volkswagen, Mercedes Benz, Renault, Volvo, Scania e agora, a Honda.