Um par de buracos negros milhões de vezes mais “pesados” que nosso Sol executa um “balet” hipnótico em uma nova visualização produzida pela Nasa. O filme mostra como eles distorcem e redirecionam a luz do disco de acreção, um turbilhão de gás quente que envolve cada um.

Vistos de perto do plano orbital, cada disco de acreção assume a característica aparência de uma “corcova dupla”. Mas, à medida que um passa na frente do outro, a gravidade do buraco negro em primeiro plano transforma a imagem do parceiro em uma sequência de arcos de luz que muda rapidamente.

publicidade

O criador do video explica que ele mostra dois buracos negros supermassivos, um maior com 200 milhões de massas solares e um companheiro menor com metade do tamanho.

Os discos de acreção são mostrados em cores diferentes, vermelho e azul, para facilitar o acompanhamento das fontes de luz.

O gás mais quente emite luz perto da extremidade azul do espectro, e o material orbitando buracos negros menores experimenta efeitos gravitacionais mais fortes que produzem temperaturas mais altas.

Em um computador desktop moderno, os cálculos necessários para gerar os quadros da animação levariam cerca de uma década, mas a Nasa usou o supercomputador Discover. com apenas 2% do poder dessa super máquina, o video completo levou apenas um dia…

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!