A Neurable, empresa de neurotecnologia, revelou fones de ouvido com interface cérebro-computador (BCI, na sigla em inglês). O dispositivo, chamado Enten, está em pré-venda no site da companhia e promete ajudar a administrar o tempo do usuário, ligado diretamente à produtividade, através de sensores.

Ao lançar o gadget, a Neurable destaca que um indivíduo médio passa apenas 2 horas e 53 minutos do horário de trabalho ativamente realizando atividades. O resto do dia é repleto de distrações, interrupções e devaneios. Para recuperar o foco, são necessários onze minutos.

publicidade

Leia mais:

“Seja uma notificação no telefone ou uma criança entrando no cômodo com uma pergunta, o seu cérebro precisa recolocar a atenção nos trilhos de novo”, diz a empresa. Por isso, uma lista de problemas é criada, incluindo, entre os itens, uma saúde mental ruim.

“Nosso mundo mudou muito no último ano e estudos recentes mostram que 34% das pessoas estão se sentindo esgotadas. Estamos atrasados com a solução. Por isso o Enten está aqui para ajudar a construir uma rotina melhor”, segue a Neurable.

Com tudo isso já catalogado, os fones de ouvido prometem mostrar ao usuário como e quando ele trabalha melhor, minimizando as distrações e maximizando o foco para realizar as atividades mais ativamente. O aparelho associa a neurociência ao dia a dia.

A evolução do desenvolvimento do Enten. Imagem: Neurable/Divulgação

O Enten é o produto de mais de dez anos de estudos de Ramses Alcaide, cofundador da Neurable, junto a Adam Molnar. Alcaide é neurocientista e pesquisa, principalmente, sobre o uso de tecnologia BCI para pessoas com amputações, crianças com paralisia cerebral e pessoas com esclerose lateral amiotrófica (ELA).

Como funciona?

De acordo com a Neurable, o Enten detecta quando o indivíduo está operando com mais atenção e quando não está. Ele também guia o usuário sobre como manter padrões de trabalho melhores. O fone de ouvido detecta os padrões da atividade cerebral com precisão similar a de laboratórios.

Para isso, ele conta com 16 sensores EEG (eletroencefalografia) no tecido das almofadas dos ouvidos. Enquanto usando o aparelho, esses sensores medem quando o usuário está focado e quando está distraído. Assim, ele identifica os padrões.

Quando percebe que a pessoa está nessa zona de concentração, o fone de ouvido envia um sinal aos aplicativos para silenciar notificações. Ele ainda tem um sinal luminoso de “não perturbe” para quem tentar se comunicar pessoalmente com o usuário.

O Enten ainda rejeita ligações através de controles de gestos, como piscar de olhos ou um balançar de cabeça. Há também os botões físicos para as funções. O usuário pode revisar os dados que o fone de ouvido monitora através do aplicativo.

Além de ouvir música ou podcasts, o fone pode ser colocado simplesmente para cancelar o barulho ao redor. O Enten tem bateria que dura o dia todo e funciona via bluetooth 5.1, podendo ser usado também com o cabo. Ele também conta com um microfone.

Por enquanto, os fones de ouvido Enten estão em pré-venda pelo Indie Gogo, com quatro faixas de preço, entre US$ 199 (R$ 1.063,24) e US$ 527 (R$ 2.814,71.

As entregas ainda vão demorar. Os fones começarão a ser enviados aos compradores apenas em maio de 2022. Isso porque a Neurable validou o terceiro protótipo e está finalizando as preparações para produção do acessória em escala.

Via: Techxplore