A Fórmula E, principal categoria de carros elétricos de corrida, está se preparando para o Grande Prêmio de Mônaco, que acontece neste fim de semana. Não é a primeira vez que os monopostos vão correr no tradicional palco do automobilismo, mas 2021 traz um ingrediente diferente: pilotos e carros vão percorrer a versão completa da pista de corridas mais famosa do mundo.

O evento é uma oportunidade única para comparar os desempenhos dos carros de Fórmula E e de Fórmula 1 no mesmo traçado, em condições iguais. As corridas anteriores da categoria elétrica cortavam quase metade da pista – em vez de subir a colina ao redor do cassino e descer pelo túnel, eles viraram à direita após a reta de largada e já saíam na região da marina.

publicidade

O brasileiro Sérgio Sette Câmara, da Dragon Penske Autosport, conhece o circuito dos tempos de Fórmula 2, mas as melhores lembranças estão associadas a outro piloto.

Para o Mônaco E-Prix, a primeira curva da pista será refeita, retornando ao layout original de 1929. Espera-se que carros da Fórmula E sejam mais lentos do que os da Fórmula 1, o que pode significar mais ultrapassagens durante a corrida e muita emoção.

Os carros do têm chassi, carroceria e unidade armazenamento de energia iguais para todas as equipes, o que coloca mais pressão nos pilotos.

Saiba de mais detalhes dessa corrida histórica no nosso site, o olhardigital.com.br e fique ligado!!!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!