O MIUI, sistema operacional usado nos smartphones da Xiaomi, conseguiu antecipar com precisão cerca de 35 terremotos na China – alguns de magnitude 4.0 ou maior. O recurso é oferecido nos aparelhos da empresa em cerca de 25 províncias chinesas.

A própria fabricante compartilhou a função de alerta de terremotos em seu perfil na rede social chinesa Weibo. Embora não seja exatamente uma novidade – quase todas as fabricantes contam com algum sistema de alerta de catástrofes -, o recurso é pouco difundido no Brasil, já que nossa posição é favorecida pela ausência de desastres naturais como furacões, terremotos e tsunamis. Na Ásia, porém, a situação é bem diferente.

publicidade

Leia mais:

Imagem mostra banner em mandarim, informando que a MIUI, sistema operacional da Xiaomi, já preveniu 35 terremotos na China
Sistema de prevenção a terremotos da MIUI já antecipou 35 catástrofes de grande porte na China. Imagem: Xiaomi/Divulgação

Segundo a postagem, a Xiaomi oferece o sistema de prevenção em 8.640.477 aparelhos, entre smartphones, e smart TVs, com o sistema em plena atividade há aproximadamente 500 dias.

A divulgação não veio à toa: na China, foi recentemente celebrado o Dia Nacional de Prevenção e Minimização de Desastres de 2021, um evento de conscientização do país para eventos naturais de grandes proporções.

A Xiaomi assegurou que vai seguir aprimorando o sistema de prevenção e antecipação a catástrofes, ajustando o MIUI para que trabalhe em tempo real com dados oferecidos por outros órgãos oficiais ligados ao governo chinês, como o Instituto de Pesquisa na Minimização de Desastres, o Centro de Liberação Nacional de Antecipação a Desastres, o Sistema Nacional de Transmissão e a Rede de Terremotos da China.

Entretanto, a empresa não informou quando essas atualizações devem chegar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!