O governo chinês divulgou duas imagens feitas pelo rover Zhurong em Marte. Ambas mostram a região conhecida como “Utopia Planitia”, a maior bacia de impacto não só do “planeta vermelho”, mas também de todo o Sistema Solar, com aproximadamente 3 mil quilômetros de diâmetro.

As imagens mostram parte do terreno que vai ser explorado pelo Zhurong, e alguns detalhes do próprio veículo, como os painéis solares e uma câmera que identifica e evita obstáculos nos caminhos do robô.

publicidade

O Zhurong é uma das partes essenciais da missão chinesa Tianwen-1, que também conta com um orbitador posicionado no espaço.

Além das fotografias, o governo chinês também divulgou um vídeo da manobra de pouso, que mostra a cápsula se desprendendo durante o pouso.

A China se tornou o terceiro país a pousar em Marte, junto com Estados Unidos e Rússia. O Zhurong, que pesa mais ou menos 250 quilos, carrega seis instrumentos de análise, entre coletores de amostras e ferramentas de estudo geológico e climático. A expectativa é a de que ele continue enviando dados aos cientistas chineses por pelo menos três meses.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!