O assédio às mulheres é uma triste realidade que, infelizmente, também está presente no mundo dos jogos. Mesmo que ao longo dos anos a presença de gamers femininas na comunidade tenha aumentado, o ambiente continua hostil.

De acordo com uma pesquisa de mercado feita pela Lenovo, 59% das jogadoras admitiram que costumam esconder o gênero durante os jogos para evitar assédio. As entrevistadas relatam também que, além de omitir que são mulheres, muitas precisam fingir que são do sexo masculino ou usar uma identidade sem gênero.

publicidade

E mais: cerca de 77% das mulheres gamers entrevistadas relataram que sofreram com comportamentos impróprios durante um jogo.

Mesmo cada vez mais interessadas e presentes no universo gamer, as mulheres não estão representadas na maior parte das competições importantes. E, por isso, 61% das gamers entrevistadas ressaltaram o desejo de ver mais equipes femininas em competições de alto nível.

O levantamento completo da pesquisa você encontra em nosso site, olhardigital.com.br.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!