Um brasileiro figura entre os autores das 25 melhores imagens da Via Láctea, segundo seleção feita pelo site Capture the Atlas. Victor Lima fotografou a “Garganta do Diabo” em Foz do Iguaçu, no Paraná. Outras imagens vêm da Austrália, EUA, Espanha e diversos outros países.

“Não há muitos eventos tão emocionantes quanto vermos a nossa galáxia se levantando e iluminando o céu da noite”, diz trecho de uma postagem do site Capture the Atlas. “Entretanto, à noite, muitas coisas são invisíveis ao olho nu. Quando você usa uma câmera para capturar a Via Láctea, um novo mundo de detalhes, cores e luzes se revela”.

publicidade

Leia também

Foto mostra as cataratas do Iguaçu, tirada à noite e mostrando o céu estrelado. Foto foi eleita uma das melhores imagens da Via Láctea.
Imagem do brasileiro Victor Lima, que registrou a Via Láctea por Foz do Iguaçu, no Paraná. Imagem: Victor Lima/Capture the Atlas/Reprodução

“Além dos aspectos técnicos,” – continua o site – “toda fotografia da Via Láctea traz consigo uma história e uma semente que tem crescido na mente do fotógrafo já há algum tempo, até que todos os elementos se alinham para criar uma imagem”.

A seleção do Capture de Atlas não tem um ranking, nem tampouco é um concurso. O objetivo do site é apenas reunir grandes registros e, com sorte, incentivar você a fazer os seus com um pouco mais de curadoria:

“Para ajudar você a encontrar sua inspiração ao planejar e executar suas imagens, nós reunimos as melhores fotos da Via Láctea tiradas ao redor do mundo, assim como fazemos todo ano. Aperte os cintos, pois esta viagem vai levar você aos remotos desertos do Velho Oeste americano às paisagens desconhecidas da fronteira australiana, passando por geleiras espetaculares, vulcões, montanhas, praias… sempre com a Via Láctea brilhando no céu”.

Veja na galeria abaixo algumas das imagens escolhidas:

O restante das imagens pode ser visto no site do Capture the Atlas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!