Um vídeo de 30 segundos que supostamente mostra a Lua se aproximando do Ártico, entre a Rússia e o Canadá, e encobrindo o Sol por cerca de 5 segundos viralizou nas redes sociais após os fenômenos da superlua terem sido registrados nesta semana.

Segundo o nosso colunista, o astrônomo Marcelo Zurita, o vídeo é claramente falso, e foi produzido por um artista de computação gráfica. O problema foi quando alguém resolveu se aproveitar da arte e republicar o material com um texto enganoso, indicando que a filmagem teria sido feita de verdade.

publicidade

O artista em questão é o dono do perfil @alekset__nz no TikTok. O vídeo teve mais de 20 milhões de visualizações, 2 milhões e meio de likes e mais de 32 mil comentários.

O video também é similar ao postado em 2013, que mostra como veríamos a Lua se ela estivesse na mesma distância da Estação Espacial Internacional. Marcelo Zurita afirma que a hipótese absurda, pois qualquer objeto orbitando nessa altitude sofre arrasto aerodinâmico e em alguns dias, a Lua se chocaria com a Terra. E isso não seria nada bom…

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!