Muitas pessoas acreditavam que após a posse de Joe Biden as relações internacionais seguiriam rumos mais tranquilos. Mas quando se trata das restrições de investimentos a empresas chinesas, Biden preferiu seguir os passos de Donald Trump.

O atual presidente assinou um decreto que aumentou a lista de empresas que não podem mais receber investimentos norte americanos. Eram 48 e agora são 59 companhias na “lista negra”. As novas restrições começam a valer no dia 2 de agosto.

publicidade

Empresas como a China Mobile, de telecomunicação, a Huawei , fabricante de smartphones e Hikvision, de videovigilância, estão entre as banidas.

Apesar de dar seguimento a algumas políticas do ex-presidente, Joe Biden ainda não deixou claro como vai lidar com a possível proibição do TikTok nos Estados Unidos. Vamos acompanhar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!