Richard Branson, dono da Virgin Galactic, pode ir ao espaço antes ainda de Jeff Bezos, dono da Amazon e da empresa espacial Blue Origin. Segundo rumores, a empresa de Branson tem planos para enviar o britânico em um voo suborbital a bordo do foguete VSS Unity SpaceShipTwo, no dia 4 de julho, cerca de duas semanas antes do voo de Bezos, marcado para acontecer em 20 de julho.

Para cumprir o objetivo, a Virgin Galactic ainda precisa de uma licença comercial de operador de espaçonave reutilizável da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos. O mais recente teste de voo empresa foi um sucesso, o que animou ainda mais o bilionário.

publicidade

Mas, mesmo que o voo de Richard Branson aconteça em 4 de julho, é provável que haja um debate sobre se ele realmente chegou ao espaço. O VSS Unity chega a pouco mais de 80 km de altitude, que é a distância reconhecida como a fronteira do espaço pela administração de aviação americana. Mas, para a Federação Internacional de Aeronáutica, órgão que homologa e regulamenta os recordes mundiais da aviação e do espaço, essa fronteira está localizada na linha Karman, a 100 km. Por enquanto, essa distância é atingida apenas pela New Shepard, da Blue Origin.

Ah, e não podemos esquecer de Elon Musk, que também já falou que pretende fazer essa viagem.

E agora, em quem você aposta?

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!