Pesquisadores do Institut Català de Paleontologia Miquel Crusafont, em Barcelona, na Espanha, revelaram que o fóssil do menor dinossauro já encontrado no mundo, na verdade, se trata de um lagarto.

O animal chamado de Oculudentavis khaungraae é do tamanho de um beija-flor e foi encontrado em depósitos de âmbar no noroeste de Mianmar. Havia uma dúvida sobre a descoberta de 99 milhões de anos, pois o esqueleto encontrado era o crânio de um pequeno bicho que se assemelhava a um pássaro, com alguns detalhes de lagarto.

publicidade
Fóssil do Oculudentavis naga
Fóssil do Oculudentavis naga. Imagem: Reprodução/Arnau bolet

Os primeiros paleontólogos a terem contato com a criatura pensavam se tratar então do menor dinossauro do mundo. No entanto, outra equipe especializada apontou que o fóssil era de uma estranha espécie de lagarto.

A terceira equipe responsável pela reposta final divulgada nesta segunda-feira (14) na Current Biology utilizou um segundo fóssil para esclarecer a dúvida. O paleontólogo Arnau Bolet e seus colegas afirmaram que o O. khaungraae é da mesma espécie do fóssil apelidado de Oculudentavis naga, um pequeno lagarto que foi encontrado com o resto do corpo.

Leia também!

Os pesquisadores utilizaram tomografias computadorizadas para comparar os dois fósseis. E foram reveladas diferenças importantes que separam os lagartos e os dinossauros, entre elas, escamas, dentes presos diretamente na mandíbula e um osso específico no crânio que só está presente em répteis.

Entretanto, apesar de não se tratar do menor dinossauro do planeta, o fóssil revela uma espécie de lagarto que ainda era desconhecida pelos cientistas. Essa nova espécie apresenta características incomuns, como crânios arredondados e focinhos longos e afilados.  

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!