A IrriGate, startup paranaense que surgiu em 2019 como um projeto de avaliação final de três estudantes de Engenharia Eletrônica e Engenharia da Computação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, vem mostrando como a tecnologia pode revolucionar a vida rural.

Até o momento a startup já desenvolveu três protótipos de irrigadores inteligentes, IrrigaEasy, IrrigaPro e o IrrigaPlay, que tem como foco pequenos agricultores familiares e fazendas urbanas.

publicidade

Os equipamentos tem a capacidade de monitorar o pH do solo, acompanhar a previsão local de chuvas e geadas por meio de sensores sem fio, além de controlar a temperatura e umidade de estufas agrícolas. Todos os equipamentos são alimentados por energia solar. Além disso, e possível controlar remotamente todo o sistema via aplicativo.

Os irrigadores podem ser adaptados de acordo com as necessidades de cada agricultor. Atualmente os protótipos estão sendo testados na Fazenda Urbana da Prefeitura de Curitiba.

Agora, a startup IrriGate espera receber um aporte para ampliar o projeto e iniciar a comercialização dos irrigadores inteligentes, que devem chegar no mercado em 2022, custando cerca de 2800 reais.

Reportagem: Elias Silva

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!