A Nasa quer chegar ao lado oculto da Lua. A façanha já foi realizada pelos chineses, mas a agência espacial norte americana quer explorar a região na preparação da missão Artemis, que deve marcar a volta de astronautas no nosso satélite natural.

Pela primeira vez na História, a Nasa pretende pousar no chamado “lado oculto” da Lua, que é a parte do satélite que não é visível da Terra.

publicidade

Embora seja um experimento inédito para a agência espacial americana, não será a primeira vez que o outro lado da Lua será explorado. A China chegou lá em 2019, quando a sonda espacial Chang’e 4 pousou no local.

A agência selecionou três novas cargas úteis de investigação científica para a iniciativa denominada Serviços de Carga Útil Lunar Comercial. Duas dessas cargas incluem sondas e instrumentos de pesquisa para estudar a parte não visível da Lua.

A Farside Sismic Suite, vai medir a atividade sísmica da região; além do Conjunto de Materiais e Temperatura Interior Lunar, que vai coletar dados sobre o fluxo de calor interno da Lua.

Todas as iniciativas fazem parte da missão Artemis, para levar astronautas de volta à superfície lunar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!