A Jaguar quer atingir zero emissões em toda a cadeia produtiva até 2039, e já começou a desenvolver uma nova versão do Defender, mas com motor elétrico e a hidrogênio. De acordo com a montadora que detém a marca Rover, os testes devem começar no Reino Unido ainda entre novembro e dezembro de 2021.

Não foram divulgados detalhes específicos sobre o novo modelo, mas a Jaguar garantiu que o Defender a hidrogênio vai passar por uma bateria de testes este ano para verificar os principais atributos, incluindo capacidade off-road e consumo de combustível.

publicidade

A ideia faz parte do projeto de energia limpa da empresa batizado de “Projeto Zeus”. Apoiado, e parcialmente financiado pelo governo do Reino Unido, a iniciativa quer dar um fim aos motores a diesel ou gasolina na linha Land Rover e eletrificar totalmente os modelos da Jaguar até 2025.

Além disso, a montadora se comprometeu em zerar as emissões em toda a cadeia produtiva entre 2036 e 2039. A estratégia, batizada de “Reimagine”, quer eliminar a pegada de carbono de todo o ciclo de produção, incluindo produtos, fornecedores e operações. Para os executivos, no entanto, o desafio não está nem tanto no fato de tornar a empresa “mais verde”, mas sim desenvolver veículos elétricos ou a hidrogênio que ofereçam o mesmo desempenho e capacidade que os modelos convencionais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!