Depois de enfrentar um processo no valor de US$ 200 milhões (cerca de R$ 1 bilhão) por supostamente violar direitos autorais, a Roblox corre para fechar acordos oficiais de música. Assim, ela anunciou uma parceria com a Sony Music.

O negócio entre o game e a empresa de música levará mais artistas da gravadora à plataforma de jogos, de modo que ambos vão colaborar em “experiências musicais inovadoras”.

publicidade

Leia mais:

Em novembro, por exemplo, há um show de Lil Nas X e uma festa de lançamento de Zara Larsson em maio. Por enquanto, as empresas não revelam quais são os eventos que os jogadores poderão esperar ou mesmo quando poderão ser vistos.

A Roblox já tem um contrato semelhante com a BMG, firmado no mês de junho. Esse é o maior acordo musical da plataforma até hoje. Agora, apenas Universal e Warner continuam como grandes gravadoras que não têm algum negócio com o game.

Por causa do processo, a Roblox não tem escolha, a não ser continuar a fechar esses contratos. A ação judicial contra a plataforma aconteceu porque, supostamente, a Roblox não fez nada para impedir que os jogadores fizessem caixas de som virtuais para reproduzir músicas protegidas por direitos autorais.

Roblox é plataforma que possibilita desenvolver jogos gratuitamente para Xbox, PC e Mobile. Imagem: Miguel Lagoa / Shutterstock.com

Essas músicas tocadas pelos jogadores não incluíam Robloxcore ou outras projetadas para o mundo aberto da plataforma. Em sua defesa, a Roblox afirma que seleciona a música carregada e reprime aqueles que quebram as regras.

Porém, a resposta da desenvolvedora não foi o suficiente para as gravadoras, convencidas de que a Roblox permitia a pirataria. Assim, ao fechar os acordos, a plataforma consegue persuadir a Sony, BMG e outras empresas a desistirem dos processos, ou, pelo menos, suavizá-los.

Via: Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!