A falta de chips no mercado mundial ameaça o crescimento da Apple, mesmo com o bom momento vivido pela empresa.
Esta semana foram divulgados os números do terceiro trimestre de 2021. As principais linhas de produtos cresceram no mínimo 12%. O iPhone, por exemplo, registrou um aumento de receita de quase 50%, o que representa vendas de mais de 39 bilhões e meio de dólares.

Mesmo assim as ações da empresa registraram queda de 2% na bolsa de valores norte americana. Analistas de mercado apontam que a Apple vai enfrentar restrições no fornecimento de componentes nos próximos meses, o que pode impactar diretamente nas vendas.

publicidade

Segundo o CEO Tim Cook, a falta de suprimentos deve atrapalhar principalmente a linha de produção dos computadores e iPads.

Mas nem tudo é ameaça: a divisão de serviços registrou um crescimento de 33%. Atualmente, a Apple possui 700 milhões de assinantes pagos nas plataformas de áudio e vídeo.

Pelo jeito, vai ser difícil abalar a empresa que chegou ao valor de mercado de 2,4 trilhões de dólares no início deste mês.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!