O Windows 11 está sendo usado por golpistas para fazer um malware circular. O novo sistema operacional da Microsoft vai ser lançado oficialmente para desktops no final de 2021, mas a nova versão já está disponível para downloads e compras antecipadas.

Essa é a brecha que está sendo usada pelos golpistas. Os fraudadores tentam enganar usuários do Windows inserindo o malware em arquivos que parecem ser a atualização do sistema da Microsoft. De acordo com a empresa de segurança digital Kaspersky, até o momento foram detectadas pelo menos 850 tentativas de infectar usuários por meio de malwares disfarçados de Windows 11.

publicidade

Um fato curioso é o tamanho do arquivo malicioso, que tem 1,75 gigabytes. Um arquivo tão grande serve para induzir as vítimas em potencial a acreditar que realmente se trata do instalador de um sistema operacional, que costuma ter um tamanho bem grande por conta da complexidade.

Mas a maior parte dos arquivos do pacote é composta por dados irrelevantes, que apenas escondem o malware que entra em ação quando o usuário executa o instalador.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!