Moradores da província de Henan, que fica entre as cidades de Pequim e Xangai, na China, têm enfrentado problemas de comunicação por causa das fortes chuvas nos últimos dias. Muitos ficaram isolados por enchentes, sem internet.

Mas algumas operadoras de telefonia móvel começaram a usar drones para disponibilizar uma rede aérea de internet 5G.

publicidade

As aeronaves Wing Loong II têm sobrevoado a região desde o início desta semana. Os drones são equipados com antenas e equipamentos para transmissão e tem autonomia de até 32 horas de operação sem reabastecimento.

Em algumas regiões devastadas por desastres naturais, pessoas contam com geradores manuais de energia elétrica, que têm potência o suficiente para carregar um smartphone. Com os celulares minimamente carregados e os drones fornecendo sinal de internet 5G, as vítimas das enchentes conseguem se conectar à internet para pedir ajuda.

Eles se parecem mais com aviões do que com os drones que nós estamos acostumados a ver. Pesam cerca de quatro toneladas e têm a capacidade de carregar até 480 quilos de equipamentos.

O Wing Loong foi projetado para fins militares, como facilitar a comunicação de tropas, levar suprimentos e também bombardear territórios inimigos.

Em tempos de paz eles têm sido usados para permitir a localização de pessoas desaparecidas e enviar itens básicos de sobrevivência a áreas isoladas pelas tempestades do verão no hemisfério norte.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!