A SpaceX conseguiu fechar o terceiro contrato para lançar um módulo de pouso lunar comercial da empresa Intuitive Machines. Ao todo, a empresa de Elon Musk tem oito negócios fechados para lançamentos de módulos de pouso, sendo sete na Lua.

A missão, conhecida como IM-3, vai contar com a sonda Nova-C da Intuitive Machines. O módulo consegue levar até 130 kg de carga para a superfície lunar, e só deve ser lançado depois do primeiro trimestre de 2024.

publicidade

A empresa deu a entender que comprou um lançamento inteiro do Falcon 9 para a missão, e vai ser capaz de transportar até uma tonelada de cargas úteis.

A sonda Nova-C ainda vai precisar de centenas de quilos de propelente para entrar na órbita lunar, e os testes realizados em terra são animadores.

Por enquanto, parece que os foguetes Falcon reutilizáveis ​​e excepcionalmente acessíveis da SpaceX vão continuar a dominar a indústria comercial de missões espaciais, e talvez monopolizar o mercado de lançamentos de alta energia para a Lua.

Enquanto isso, os engenheiros da Boeing se esforçam para resolver os problemas que causaram dois adiamentos seguidos no lançamento da Starliner. O último deles aconteceu no último dia 3 de agosto, quando 13 válvulas do sistema de propulsão não abriram adequadamente durante o teste de pré-voo. A missão é crucial para a empresa provar que tem capacidade de entrar no concorrido mercado da exploração espacial.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!